Uma sociedade em que intensidade é “Carência”

Realmente quem quer amar nessa sociedade além de enfrentar algumas barreiras internas ainda tem que enfrentar comentários “indecentes”!

Vivemos em uma sociedade que ter vários “contatinhos” é luxo e ter somente uma pessoa é sinal de “ fraqueza”, quem é intenso sabe o quanto é difícil demonstrar afeto e não ser correspondido!

Não é por carência, nem fraqueza e muito menos desespero, é que na realidade, “desculpem a intensidade, é que eu sei que amanhã não possa acordar”!

Por pessoas que sejam intensas e transparentes na sociedade!

“Viram-nos dançar sem som e nos taxaram de loucos”, loucos são eles que não conseguem dançar ao som da intensidade!

Se tem uma coisa que a sociedade admira, mas, tem medo de demonstrar é sua transparência, se pararmos para pensar, vivemos em um mundo no qual todos são “invisíveis com seus sentimentos” em todos os momentos da vida!

Algumas pessoas são exceções, pois, agem com transparência e ingenuidade com todos, mas, há quem se finge de intensidade, existe também que finge amar!

Existem pessoas que ao sentirem amor por alguém negam até a morte que não está amando, mas, convenhamos, por que?!

Para a sociedade, quem ama é imaturo, quem não ama é maturo?

Dá por se entender dessa forma, pois, quem demonstra amor é quem é “carente, desesperado e imaturo” e quem não demonstra amor é “maturo, responsável e sabe lidar com seus sentimentos”!

Afinal, cortar seus sentimentos a seco é sinal de maturidade?

Convenhamos que até nós que somos intensos ficamos as vezes com medo de demonstrar nossa intensidade, não porque não queremos, mas, sim, porque já sabemos o final dessa história!

O que é intensidade?

A intensidade é simplesmente você ser quem você é sem ter medo de julgamentos, sendo sua melhor versão a todo o momento, demonstrando sua ingenuidade, respeito e amor por alguém!

Dessa forma, o que muitas pessoas podem achar sobre intensidade é que você é uma pessoa “ chata, grudenta, birrenta e possessiva”, esses adjetivos são totalmente diferentes de ser intenso!

Até porque ser intenso é respeitar o lugar do outro, é apoiar, motivar, e não prender, querer ter posse de algo que não nasceu em você!

Entretanto, intensidade é basicamente você querer ser para alguém uma cura, uma paz, um cuidado, é você dividir suas dores, enfrentar juntos a batalha e curtirem muito! Dançar na chuva, pular na piscina no frio, madrugar ao som de violão, essas coisas que fogem do tradicional!

Estar em 2000 e viver em 1900

Se você tem a sensação de que nasceu na época errada, seja pelas músicas que você escuta, seja pela forma que você enxerga os relacionamentos de hoje em dia, você simplesmente sente que nasceu na época errada, você é intenso!

Até porque até a forma de ouvir músicas antigamente era mais “romântica”, você tinha que sair da sua casa, comprar seu disco de vinil e colocar exatamente a agulha na música que você desejava ouvir, hoje em dia basta um “click” e você já ouvir!

Assim estão os relacionamentos, basta um “like” e seu amor muda a cada três meses!

As coisas ultimamente andam todas liquidas, e para quem é solido sabe que quando encontrar alguém com intensidade também, irá despertar estranhando “ as pessoas que não sabem amar”!

“Desculpem a intensidade, é que eu sei que amanhã não possa acordar”! Ame hoje!

https://www.agenciamaisvoce.com/namore-alguem-que-te-faca-feliz/