Brincadeiras infantis para distrair as crianças

Conheça algumas brincadeiras infantis que você pode estar fazendo para a criançada se distrair e aproveitarem muito.

Portanto fique comigo e veja alguns exemplos de brincadeiras que estarão fazendo sucesso com a criançada em suas festas de família, passeios com as crianças ou qualquer outro evento no qual elas venham a se reunir.

Dança da cadeira

Um clássico das brincadeiras de infantis, a dança da cadeira só precisa de cadeiras formando um círculo, sendo que o número de assentos deve ser sempre menor que o número de crianças participantes.

Ao som de alguma música animada, os jogadores devem dançar em volta das cadeiras até ela parar de repente.

No momento que isso acontecer, todos devem tentar sentar.

Quem não conseguir uma cadeira, sai do jogo levando consigo uma cadeira. Por fim, vence aquele que conseguir sentar na última cadeira.

É muito indicada para crianças a partir dos quatro anos de idade e de preferência para grupos com mais de cinco pessoas, essa brincadeira estimula a agilidade, a atenção, o movimento, a estratégia e o ritmo da criança.

Corrida de saco – Brincadeiras infantis

Estimula a força de vontade de ser o primeiro na linha de chegada, o interessante da corrida de saco é devido ao fato de que as pernas dos participantes estarão presas durante todo o tempo, o que resulta em movimentos bem desajeitados para chegar na linha de chegada.

Os sacos utilizados podem ser os de batata ou até mesmo as fronhas de travesseiro.

No entanto, é importante escolher uma superfície onde a criança não se machuque caso caia, portanto gramados, quadras ou areia são uma boa ideia para realizar a brincadeira.

Devido a exigência da coordenação motora utilizada, essa brincadeira é ainda mais adequada para crianças a partir dos sete anos de idade e estimula muito a agilidade, o equilíbrio e a velocidade do pequeno.

Contudo, caso o número de participantes seja par, é possível fazer até uma corrida no estilo de revezamento, estimulando também a cooperação entre cada criança.

Cabo de guerra

Essa brincadeira pode ser realizada em um espaço amplo e seguro. Portanto, estique a corda, marcando o chão exatamente o meio da corda, o risco pode ser feito com fita ou até mesmo giz se tiver.

Os participantes devem ser divididos em duas equipes, esteja atento para equilibrar corretamente a força e número de pessoas.

Com cada jogador dividido em seu grupo e enfileirados no seu lado da corda, eles devem puxar até que pelo menos um dos participantes da outra equipe cruze a linha feita no meio do cabo.

Quem fizer isso primeiro se torna a equipe vencedora.

Este é outro clássico das gincanas infantis. O cabo de guerra exige pelo menos quatro participantes e é ideal para estimular coordenação motora, cooperação, força, resistência, agilidade e socialização.

Por fim é recomendado para crianças a partir dos sete anos.

Alfândega – Brincadeiras infantis

Com as crianças divididas em duas ou mais equipes, um dos integrantes de cada grupo sai da sala ou do local em que estão os outros.

Os representantes de cada equipe devem estar estabelecendo uma regra para a alfândega (cada membro de sua equipe), por exemplo: “só passam brinquedos”.

Em seguida quando os que saíram voltar, cada equipe deve fazer as perguntas, como “cachorro passa?”, a fim de descobrir a regra.

Os membros de cada grupo que saíram para fora da sala tentaram adivinhar o que seu grupo escolheu, a equipe vencedora será a que descobrir primeiro.

Por fim, essas foram algumas brincadeiras que podem estar sendo uma ótima distração para as crianças em festas, em casa, na escola ou em qualquer outro momento em que elas se reunirem para brincar.

Contudo, aproveite para ler também >> Horta nas escolas: benefícios