fbpx

Bolsa família – Participe você também!



O Brasil é um dos países mais desiguais do mundo, mas o bolsa família tem sido um programa social importante. Se trata de um benefício para as pessoas de baixa renda e ajuda diretamente na alimentação das pessoas.

A Constituição do Brasil é muito clara e assegura que todo brasileiro tem direito a coisas básicas. Sendo assim, se tratam das seguintes: alimentação, moradia, estudo, segurança e direito de ir e vir, por exemplo.

O texto tem a proposta de mostrar quem tem direito ao bolsa família e também como efetuar o cadastramento. Dessa forma, é chegada a hora de ter todas as informações e descobrir mais sobre esse excelente programa social.

Quem tem direito ao Bolsa Família?

Antes de entender quem tem direito ao bolsa família, é primordial saber sobre o cenário da pobreza no Brasil. Desde 2015, a situação do país tem piorado e muitas pessoas acabam sobrevivendo abaixo da linha da pobreza.

Essa informação mostra que não há empregos, ou seja, desenvolvimento, fazendo alguns sobreviverem com menos de R$89,00 por mês. Ao mesmo tempo, faz com que a situação piore e é nisso que os programas sociais entram.

O bolsa família é um direito das pessoas e engloba as que se encontram em situação de pobreza ou extrema pobreza. Sendo assim, algumas regras estão inclusas e devem ser consideradas, confira abaixo quais são elas:

  • Família que tiverem uma renda mensal menor do que R$ 178,00 por cada pessoa para os pobres, e R$ 89,00 para as de pobreza extrema;
  • Essas pessoas devem estar cadastradas no CadUnico, e os dados precisam estar atualizados há pelo menos dois anos;
  • Para receber o bolsa família, se torna primordial ter pelo menos uma pessoa em casa do 0 aos 17 anos.

Fica claro um ponto: não é muito complicado e permite que muitas pessoas tenham acesso a tal programa social. Da mesma forma, essa é uma forma muito eficiente de levar melhores condições para as famílias de baixa renda.

Como se cadastrar?

Efetuar o cadastramento é fácil e basta buscar um ponto responsável pelo cuidado com o Cadastro Único. Assim também, não se esqueça de manter os dados atualizados e o recebimento do bolsa família depende disso.

Na hora de efetuar o cadastramento, saiba que o governo autoriza apenas um integrante e que deve levar a documentação. Contudo, é obrigatório ter pelo menos 16 anos de idade e é válido saber disso para evitar maiores problemas.

Essa informação é muito importante e permite não ‘perder a viagem’, porque o CadUnico da cidade pode ser longe. Para saber quais documentos levar, é preciso saber a documentação que deve ser levada ao local e a seguir confira:

  • Carteira de trabalho (para os maiores de idade);
  • Certidão de nascimento;
  • CPF de todos, ou mesmo o título de eleitor.

De antemão: a Caixa desenvolveu um aplicativo para que os usuários tenham condição de acompanhar os pagamentos. Do mesmo modo, dá para baixar gratuitamente pelo seu celular e basta entrar na sua loja de aplicativos.

Para aqueles que desejarem conferir pela internet, basta clicar nesse link e é o site oficial para esse fim. O processo é simples e a dica é preencher as informações solicitadas, tendo acesso as informações logo em seguida.

Se existir a necessidade de ter mais informações, uma dica é ligar para o número da caixa. A ligação é gratuita, porem algumas operadoras podem não ligar e é preciso conferir com a sua, mas o telefone é o seguinte: 0800 726 0101.

Por fim, é importante usar o bolsa família, obviamente que se você estiver dentro dos critérios desejados. Definitivamente que aproveitar esse benefício é importante e, anualmente, tem tirado muitas pessoas da linha da pobreza.

Peça online

Santander 5.0

Peça online

Americanas 3.8

Peça online

Nubank 4.9

Peça online

Banco do Brasil 3.3

Deixe uma resposta

Rolar para cima