A vida é muito curta para não amar intensamente!

Se a gente soubesse quando seria nosso último dia de vida, ainda assim, seria uma besteira não amar intensamente, nossa vida é totalmente imprevisível, hoje estamos aqui, amanhã não saberemos!

Por esse motivo é tão importante, estarmos sempre de bem com a vida, não levar nossos problemas com tanta intensidade a ponto de deixá-los sugar toda nossa energia!

Dessa forma, levar a vida com mais leveza é algo que todas pessoas deveriam fazer, se tem coisa mais gostosa do que sorrir à toa, andar livremente e estar com as pessoas que amamos, eu desconheço!

Sentiu saudade, ligue!

Não importa se a pessoa também tem seu número e ela não te liga, o que realmente importa é você ter a consciência de que amanhã mesmo se ela não te ligar, ela não pode mais estar lá!

Entretanto, não importa se as pessoas não vivem intensamente igual você, o legal é você ter consciência e valorizar as pessoas diariamente, dormir com a consciência tranquila é a melhor sensação!

Portanto, se sentiu saudade, abrace, beije, diga que ama a pessoa, ame intensamente! Dessa vida não iremos levar nada, assim, simplesmente deixaremos saudades que serão “matadas” somente nas lembranças!

A vida é uma despedida constante! “Amar intensamente”

Já parou para pensar que nossa vida é dizer “tchau” a toda hora? Ela é muito imprevisível, por esse motivo é muito importante amar, a última conversa pode ser realmente a “última”!

O último abraço pode ser realmente o último abraço, portanto, deixe de pegar rancor, brigar com as pessoas que você ama, até porque, a última briga pode ser…. a última briga!

Escute os mais velhos

Se tem pessoas que podem nos falar com prioridades o que a vida representa em questão de “tempo, espaço e amor” são as pessoas mais velhas, elas realmente sabem a dor e a alegria de viver essa vida por mais tempo do que muitas pessoas!

Entretanto, elas sabem realmente valorizar cada segundo, o nascer de um filho deve ter o mesmo significado que o “ mais um dia de meu pai vivo”!

As pessoas muitas vezes pela correria, deixam de prestar atenção aos sinais que nos é dado a todo o momento! Dessa forma, o fato de um bisavô conhecer seu bisneto é um encontro que a vida proporciona raramente!

Aquele encontro deve ter algum motivo, deve ter alguma explicação, na qual nós não sabemos, mas é aquele negócio, aquele “beijo e abraço” tinham de ser dados!

Não questione a vida, faça as pazes com ela! “Amar intensamente”

Quantos dias e noites a gente não dormiu triste por pensar muito sobre a vida, assim, por lembrar o passado (que nunca vai voltar) e por querer já estar no futuro (que não chegou e talvez nunca chegue) e com isso deixamos de estar ali, vivendo o presente, agradecidos!

Dessa forma, questionar a vida é nadar de braçada no céu, flutuar dentro da água, pular no fogo sem se queimar e nunca se apaixonar na vida, são coisas que são impossíveis de acontecer! Questionar a vida é “perder tempo”!

Agora, “Observar a vida” é aprender com ela, a vida nos ensina não por coisas explicitas, mas, muitas vezes por coisas implícitas, as vezes precisamos parar, refletir e só então entender que a vida agiu de forma correta!

Faça as pazes com a vida, sinta orgulho em viver, saiba que todos os seus problemas serão resolvidos, enxergue a vida com amor, veja amor até mesmo onde não exista!

Esteja sempre ao lado das pessoas que você ama

Esteja sempre rodeado de pessoas que lhe queiram bem e que você também queira bem, visite as pessoas que você ama, se expresse, apoie o sonho de seus amigos e nunca desista dos seus!

Contudo, no final da vida, que pode ser hoje, amanhã ou daqui 80 anos, foque em deixar lembranças boas, deixar saudade, quando deixamos saudades revivemos, ressuscitamos!

Portanto, em todo lugar que você for, deixe uma esperança boa, deixe uma lembrança boa, entregue sua vida ao amor! Ame intensamente!

https://www.agenciamaisvoce.com/saiba-a-importancia-de-ter-gratidao-todos-os-dias/